REVIEW: Ray Donovan (S01E02 A Mouth is a Mouth)

13 jul

Episode 102

O segundo episódio de Ray Donovan manteve o ritmo do piloto, ou seja, sem sal. Não me empolguei muito com o episódio inicial, mas esperava que o segundo mostrasse algo a mais, o que não aconteceu.

Ray continua odiando o pai, mas a série não nos dá nenhuma pista do motivo de tanta raiva. Mickey segue a saga de se aproximar da família do filho bancando o vovô queridão, mas ainda não visualizo carisma no personagem.

Aos poucos vamos descobrindo um pouco da história dos coadjuvantes, como a mulher na vida do irmão de Ray. Mas não descobrindo tanto, já que nem lembro o nome do irmão do protagonista.

Pelo andar da carruagem o filho de Ray está se envolvendo com um de seus clientes, o astro gay enrustido de Hollywood. Ainda não sabemos se é apenas admiração o que o garoto sente pelo ídolo, ou se sairá algo mais daí. O fato é que Ray não quer seu filho perto do galã.

Mickey

O último episódio mostrou que apesar do ódio que Ray sente pelo pai, pode existir uma pontinha de admiração, já que Ray deu um sorrisinho (coisa rara) ao saber que o padre que abusou de seu irmão foi assassinado por Mickey.

A série caminha em ritmo lento e sem desvendar muito suas histórias. Isso pode até gerar curiosidade, mas ao invés disso está criando em mim uma certa preguiça de acompanhar a história. Nenhum personagem se destacou ainda, e não vejo muitos rostos carismáticos. Mas vamos esperar, talvez o ritmo acelere de agora em diante.

Por Débora Anício

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: